Quarta-Feira, 22 de maio de 2024
Justiça no Interior

SENHOR DO BONFIM: “sei quais os anseios dos advogados”, afirma Gabriela Pita, presidente eleita da OAB

Foto: Arquivo Pessoal 

Por: Justiça no Interior

A advogada Gabriela de Carvalho Melo Pita será a nova presidente da OAB-Subseção Senhor do Bonfim. Atual vice-presidente da entidade, ela concorreu em chapa única e foi chancelada em eleição que aconteceu na quarta-feria, 24. Pita recebeu 70 votos, de um total de 82.

Ela representou a chapa “União pela advocacia de Senhor do Bonfim”, ao lado dos (as) advogados (as): Celeste Aída (Vice-Presidente), Alessandra Araujo (Secretária Geral),  Regis Gonçalves (Secretário Adjunto) e Eladio Monteiro (Tesoureiro). Juntos eles estarão à frente da Ordem entre 2022 e 2024.

Gabriela Pita tem 43 anos, 15 na advocacia, atuando nas áreas Trabalhista, Cível e Defesa do Consumidor. Ela já foi Secretária Geral da OAB-Senhor do Bonfim 2016-2018 e é atual Vice-Presidente 2019-2021. Em entrevista ao Justiça no Interior concedida nesta sexta-feira, 26, Gabriela se diz muito orgulhosa da trajetória, já que antes de estudar direito foi Secretária da OAB, até chegar à condição de presidente da Ordem. CONFIRA: 

JUSTIÇA NO INTERIOR: Como foi unir a classe em torno da sua candidatura? 

GABRIELA MELO PITA: Essa união surgiu através de um grande e saudoso amigo Cícero Alberto (Cirinho), in memorian, que foi presidente da nossa subseção por dois mandatos. Dele surgiu o primeiro convite para compor a Diretoria da Subseção, e junto com ele, o amigo e ex-presidente da OAB, Antônio Campos, que lançou meu nome para ser candidata à presidência desde o final do seu mandato. Daí em diante, pude contar com o apoio de todos os colegas.

J.I.: Você é a segunda mulher presidente da OAB-Senhor do Bonfim. O que isso representa?

G.M.P.: Antes de eu estudar Direito eu fui secretária da OAB. Para mim, estar hoje como presidente, tem um significado histórico na minha vida. Foram muitas lutas, percalços, mas mantive a fé, perseverei e venci. Me sinto muito feliz pela minha trajetória. Fui mãe com 16 anos e meu filho hoje também é advogado.

J.I.: Qual o primeiro passo da futura gestão?

G.M.P.: Organizar a casa e promover a união da classe. Somos todos a OAB!!  

J.I.: A experiência como vice-presidente da Ordem vai auxiliar na tomada de decisões no próximo triênio? 

G.M.P.: Sim, sei onde erramos, acertamos e sei quais os anseios dos advogados!

J.I.: Como é ser uma jovem, mulher advogada e agora presidente?

G.M.P.: É uma honra enorme, uma alegria imensurável, além de desafiante, mas creio que o mesmo Deus que me colocou como presidente, me capacitará!! 

J.I.: Quem será a Gabriela presidente? 

G.M.P.: Advogada no sentido literal da palavra, aquela que vai viver, sentir, ouvir e experimentar as agruras da advocacia lado a lado com os colegas, convocando a classe a caminhar unida e em prol do desenvolvimento da advocacia. 

J.I.: Qual o principal enfrentamento que a ordem terá no próximo triênio? 

G.M.P.: Conseguir que o Judiciário nos permita o exercício pleno da advocacia, na busca da justiça social, exigindo o andamento dos processos, e o atendimento das prerrogativas. 

J.I.: Qual recado para os colegas?

G.M.P.: Obrigada a todos e todas de todo o meu coração! Hoje não temos mais lado, somos uma só OAB, e conto com todos vocês para construirmos uma Ordem mais unida, desenvolvendo um trabalho mais intenso em favor das nossas prerrogativas , da liberdade,  igualdade e da justiça social !!


COMPARTILHAR