Quarta-Feira, 22 de maio de 2024
Justiça no Interior

Cândido Sales – Impugnações de candidatura são propostas contra três candidatos, mas Justiça Eleitoral defere os registros.

Em Cândido Sales, três dos candidatos tiveram seus pedidos de registro impugnados.

O partido PODEMOS, representado pela advogada Ellen Felix da Silva, ajuizou Ação de Impugnação de Registro de Candidatura contra o candidato conhecido como Dr. Maurilio. argumentando ausência de desincompatibilização, pois ele não teria deixado de exercer a função de médico três meses antes do pleito. A defesa foi exercida pelo advogado Aledilson Dias Barbosa, com fundamento na desincompatibilização do candidato que teria sido efetuada em 15/08/2020. A Justiça Eleitoral acatou os argumentos de defesa e deferiu o registro.

Ademais, um relato de Inelegibilidade foi apresentado por Natalino Ferreira de Brito contra a candidata e atual prefeita conhecida como “Lora Pontes” sob argumento de reprovação das contas do ano de 2018 pelo Tribunal de Contas dos Municípios. A defesa foi patrocinada pelo advogado Vinicius Sidarta, com fundamento na inexistência de inelegibilidade, tendo em vista que a Câmara de Vereadores é que seria o órgão competente para apreciação da regularidade das contas, fundamento que foi acolhido pela Juíza Marcia Abreu que deferiu o registro..

Por fim, a coligação composta pelo PT e DEM concorria para prefeito com o candidato Jaimilton Acioly do PT e Toninho Reias do DEM, contudo teve registro indeferido em razão da anulação parcial da convenção partidária, ao passo que, após substituição da candidatura a vice, teve registro deferido em virtude da formação da chapa com candidatos apenas do Partido dos Trabalhadores. Portanto, Cândido Sales possui cinco candidatos aptos a concorrer no Pleito Eleitoral de 2020.

Fonte: TSE


COMPARTILHAR