Quinta-Feira, 30 de maio de 2024
Justiça no Interior

CAMAÇARI: Justiça condena homem por feminicídio

Foto: Divulgação



Nesta terça-feira, 25, o Tribunal do Júri de Camaçari condenou um homem a 27 anos e quatro meses de prisão pelo crime de feminicídio e pelo homicídio do sobrinho da vítima. A sessão foi presidida pelo Juiz Waldir Viana Júnior, titular da Vara do Júri e Execuções Penais.

Marcos Machado foi considerado culpado pelo assassinato qualificado de Lucilene da Silva e Leonardo Santana. O crime ocorreu em 21 de julho de 2020, em Arembepe. A denúncia foi apresentada pelo Ministério Público da Bahia.

Segundo as investigações, na noite do crime Marcos, Lucilene e Leonardo estavam presentes em uma festa de aniversário. Durante o encontro, o réu teria solicitado que Lucilene deixasse a festa, mas sua companheira recusou, dando início a uma discussão.

Marcos então deixou o local temporariamente e ao retornar, pulou o muro da casa e tentou agredir a mulher, sendo contido por outras pessoas.

Após algum tempo, o trio chegou à casa em que moravam e Marcos desferiu golpes de faca pelas costas de sua namorada e do sobrinho. De acordo com a denúncia, após cometer os assassinatos, o condenado trancou a residência e fugiu para a cidade de Santo Amaro, no Recôncavo baiano .

Ele foi preso pela Polícia de Santo Amaro 24 horas após o ocorrido. Dois dias após o crime, o juiz Waldir Viana Ribeiro Júnior decretou a prisão temporária do réu. Por questões de segurança, Marcos foi conduzido à 26ª Delegacia de Vila de Abrantes à época.


COMPARTILHAR